Fotografo: ALMT
...
Alguns casos estão relacionados à depressão, seguida do transtorno bipolar e uso abusivo de substâncias ilícitas

O deputado estadual João Batista (Pros), por meio da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), promove nesta segunda-feira (30), às 9h, no auditório Licínio Monteiro, na Assembleia Legislativa, uma audiência pública com o objetivo de debater a criação do Comitê Estadual de Promoção à Vida e Prevenção ao Suicídio e à Automutilação.
 
De acordo com o parlamentar, é de extrema importância promover o debate sobre o tema e necessário trabalhar a forma como a sociedade enxerga os fatores que podem levar uma pessoa a cometer suicídio.
 
“Estamos no mês do Setembro Amarelo, no dia 10, foi comemorado o Dia Mundial do Combate ao Suicídio. Estamos aproveitando a oportunidade para chamar a atenção da sociedade para essa discussão e a Assembleia Legislativa é o espaço adequado para isso. A problemática do suicídio acaba aparecendo na mídia quando há algum caso de grande repercussão, mas as pessoas não veem os casos que acontecem rotineiramente. É necessário que se abra essa discussão”, destacou João Batista.
 
Segundo dados da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), são registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Conforme a estatística, cerca de 96,8% dos casos acontecem entre os jovens. Alguns casos estão relacionados à depressão, seguida do transtorno bipolar e uso abusivo de substâncias ilícitas.
 
Serviço
 
Audiência pública para debater a criação do ‘Comitê Estadual de Promoção à Vida e Prevenção ao Suicídio e à Automutilação’
 
Data: 30/09/2019
 
Horário: 9 horas
 
Local: Auditório Licínio Monteiro Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT)