Fotografo: Eliseu Silva
...
Mesa da Audiência Pública

Eraldo de Freitas

O Sindicato dos Servidores Municipais de Várzea Grande realizou na manhã desta sexta-feira (20/05), uma Audiência Pública e debateram a defasagem salarial do funcionalismo municipal. A Audiência Pública foi convocada pelo vereador Fábio Saad (PTC) e outros colegas da Casa.

A abertura foi feita pela vereadora e vice-presidente da Câmara Municipal, Mirian Pinheiro (PNM), que convidou para fazer parte da mesa de discussões, os vereadores Fábio Saad (PTC e autor da convocação da Audiência), o vereador Claido Celestino, o "Ferrinho" (PT do B), o vereador Chico Curvo (PSD), a Maria Rosaine (presidente do SIMVAG) e o Clóvis Gonçalves de Campos. "Estamos lutando por coisas constitucionais, a nossa luta não pode parar aqui, estou do lado dos servidores, temos aqui a Rosaine que é uma verdadeira batalhadora por esta causa, o Clóvis Campos que um verdadeiro defensor dos nossos colegas servidores, contam comigo", enfatizou Mirian Pinheiro.

Fez uso da palavra a presidente do sindicato, a Maria Rosaine, na abertura da audiência, fez duras críticas sobre o descaso por parte do presidente da Câmara Municipal, o Jânio Calisto (que não se fez presente). Rosaine criticou também os demais vereadores ausentes que, não marcaram presença, para defender os direitos do funcionalismo público do município. "Eu convidei todos os secretários municipais, todos os vereadores. Colegas! Este ano é um Ano Eleitoral, fiquem atentos senhores colegas servidores, quando estes vereadores vierem bater na sua porta pedindo votos, procurem responder a altura, dando a eles a resposta merecida, hoje eles comprovaram não estar nem ai pela nossa lula, o nosso sofrimento devido ao mísero salário que recebe aqui”, sugeriu.

“Quero deixar registrado aqui, o desrespeito por parte do presidente desta Casa, que deveria estar aqui presidindo esta Audiência Pública, quero deixar aqui o nosso REPÚDIO a ele e aos vereadores que fizeram total descaso pela a nossa luta e não compareceram, sabemos que esta Casa de Leis possuem 21 vereadores e só compareceram o Fábio Saad, a Mirian, o Ferrinho e o Chico Curvo, isso é uma vergonha, falta de responsabilidade e compromisso para com os servidores municipais", disse.

Maria Rosaine criticou ainda a falta de atenção do executivo por não atender, nem mesmo aqueles funcionários que estão na linha de miséria, ganhando menos que um salário mínimo por mês; “Todo secretariado foi convidado para estar nesta audiência pública, nem mesmo a Comissão de Negociação fez questão de vir ouvir a nossa proposta, muito mesmo a prefeita que vai precisar do voto do funcionalismo ainda este ano, e parece que ela se esquece disso”, criticou.

Vereador Fábio Saad (autor da convocação da audiência), também falou aos servidores presentes, criticou severamente sobre o fato de o Executivo Municipal não vir dando atenção ao funcionalismo municipal, que dedica a sua vida aos serviços da municipalidade. Criticou duramente a gestão atual sobre o fato de não vir cumprindo com a legislação, que ampara os direitos do funcionalismo público aprovado em 2014, votado pela Câmara Municipal. Lamentou ainda sobre o fato de que, "a maioria do secretariado não são de Várzea Grande, não conhece a nossa cidade. Será que dentre todos vocês, não teria nenhum funcionário com competência suficiente, para vir ser um dos secretários municipais da gestão de Lucimar Campos?", questionou Fábio Saad, sobre o fato de, a prefeita Lucimar Campos ter escolhido a maioria de seu secretariado, vindo de Cuiabá e até de Brasília. 

Na ocasião do seu discurso, Fábio aproveitou para transmitir a informação recebida sobre o fato da ausência do presidente Jânio Calistro, segundo lhe  informaram que, a sua ausência ocorreu devido a outros compromissos inadiáveis. 

Chico Curvo fez uso da palavra, disse que, "estou solidário a luta dos servidores, quero parabenizar o meu colega Fábio Saad pela a iniciativa, pois é um homem público bastante sábio, inteligente e de uma competência

Leia outros assuntos dos Servidores Municipais de VG
 
Servidores públicos municipais fará paralisação nesta segunda dia 11/04

indiscutível, eu não sou uma pessoa intelectual, mas sou apaixonado pela minha Família e pela vida pública, estou no quinto mandato eleito pelo povo; sou da base da prefeita sim, mas a prefeita não manda no Chico Curvo e ninguém manda nas minhas decisões, eu quem decido e mando em mim em minhas tomadas de decisões, em minha legislatura", alfinetou, mandando um recado para aqueles que não têm domínio próprio sobre a sua legislatura.

O vereador "Ferrinho" fez uso da palavra, elogiando o vereador Fábio pela convocação desta Audiência. "Parabéns ao vereador Fábio pela convocação desta audiência, e estou à disposição de vocês para o que der e vier", curto e objetivo concluiu se colocando a disposição dos servidores.