Fotografo: TV Anhanguera/G1
...
Homem que ficou por cerca de seis horas sendo ameaçado por assaltante

Um homem contou que ficou cerca de seis horas sob a mira de um revólver dentro da própria casa, nesta quarta-feira (13), na região oeste de Goiânia. Segundo a vítima, o criminoso pretendia fugir levando objetos de valor da casa, até que a Polícia Militar chegou e começou a negociação. A corporação disse que durante um momento de distração do sequestrador, um dos PMs atirou e o infrator não resistiu, morrendo no local.
 
“Ele colocou o revolver na minha cabeça e falou: ‘se a polícia chegar aqui vou te matar’. Toda hora querendo me dar um tiro. Pensei que hoje eu ia morrer”, contou a vítima.
O homem que estava sendo ameaçado contou que o autor tentou achar dinheiro na casa, mas não conseguiu. Assim, ele obrigou a vítima a colocar todos os eletrodomésticos no carro, sempre ameaçando-a de morte.
 
“Abriu a porta com revolver na mão e pediu dinheiro. Revirou minha casa todinha caçando dinheiro e eu falei para ele que não tinha dinheiro”, completou.
 
A PM informou que atendia a um chamado a respeito de um furto em uma ferragista no setor Vera Cruz quando achou uma mochila com objetos pessoas e documentos de um suspeito. Ao consultar o sistema, a corporação disse que viu que o dono da identidade usava uma tornozeleira eletrônica e o localizaram na casa da vítima.